Inicio Empresa Produtos Servios Atendimento Onde Estamos Fale Conosco
Menu principal
Entrar
Oportundiade de emprego

Ações do Usuário
Definir como Pagina Inicial
Adicionar esta pagina aos Favoritos
Cadastro Fornecedor
Usuarios On-Line
11 visitantes online (4 na seo: Informativos REV)

Usurios: 0
Visitantes: 11

mais...
Caixa Postal da REV

Click e acesse a sua Caixa Postal da REV



Fique por dentro : "Abraço rosa" no livro dos recordes
Enviado por Oseas em 02/10/2015 (5045 leituras) Notcias do mesmo autor

Em 2015, a caminhada do Outubro Rosa acontece no dia 3 de outubro. A concentração da caminhada será às 7 horas, em frente à Igreja São Benedito, no Centro de Teresina. "A intenção é reunir cinco mil pessoas para dar o abraço rosa", afirmou Luis Ayrton. O médico acrescenta, que atualmente o título de maior abraço do mundo não pertence a nenhuma cidade. No ano passado, Teresina reuniu cinco mil pessoas durante o abraço rosa, o que já poderia trazer o título para a capital. Este ano, o objetivo é reunir a mesma quantidade de pessoas sob avaliação da equipe do Guiness Book. (veja mais em http://www.diariodopovo-pi.com.br/VerNoticia.aspx?id=26046).


O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.

Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e/ou mamografia no mês de outubro. Posteriormente, com a aprovação do Congresso Americano, o mês de outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org).

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi, nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce.

Para sensibilizar a população, inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche, e etc. (www.pink--october.org). A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação.

O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente. A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno da tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois
tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

A primeira iniciativa vista no Brasil em relação ao Outubro Rosa foi a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista (mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera), situado em São Paulo-SP.

Fonte: www.outubrorosa.org.br

Imprimir Enviar esta notcia por e-mail Criar um PDF do artigo